Adventure Locker bebe?

Fiat Palio

Palio Adventure Locker 2009

De tanto o pessoal falar, resolvi escrever vários posts sobre este carro. Sou proprietário de um e demorei à beça para decidir se iria comprá-lo. Cada post será sobre um aspecto diferente do carro. Antes de começar, ressalto que não sou um fã da FIAT. Na verdade, não sou fã de nenhuma marca. Já tive e dirigi um monte deles e, de forma geral, não tem carro bom. Sim, o Brasil produz muita “carroça”, infelizmente. Não que no exterior seja muito melhor. Mas lá tem duas coisas que não temos: preço baixo e “opcionais” de série (ABS e airbags são os principais). Em parte, sim tem os impostos brasileiros e a pouca demanda pelos “opcionais”. Enfim… Essa discussão fica para um outro post. A questão é: não sou fã de marca. Sou fã de carro que oferece qualidades por um preço justo.

Neste primeiro post, vou falar de uma crítica recorrente ao Adventure Locker: o motor GM 1.8. Todos os motores da FIAT 1.8 das linhas atuais são Powertrain 1.8, uma versão um pouco melhorada dos motores do GM Monza. Li vários websites especializados em carros e há uma grita geral de que é um motor que bebe. Vamos definir “beber”: uma Pajero Sport V6 flex, um Captiva 4×4 e um Toyota Hilux CD 2.7, essas bebem. Fazer 4 km/l de gasolina é casar com um posto de gasolina. Nos EUA, a US$ 2,50 o galão de gasolina (3,79 litros), temos R$ 1,24 por litro (cotação de R$ 1,88 por dólar). Como podem ver, é a metade do preço. E para um país com salário mínimo de US$ 7,25 por hora (x 160h/mês = R$1.160,00 por mês), esse valor de gasolina até comporta sustentar uma pick-up de 8 cilindros.

Dito isso, um carro que faça 10 km/l de gasolina em média, para mim, é um limiar aceitável. Menos que isso, só com muito conforto proporcionado. E aqui entram as outras variáveis da equação “beber”: conforto e segurança. Voltando à Palio, eu tenho conseguido médias (medidas no posto enchendo o tanque até a boca) de 12,8 km/l (G) e 11,4 km/l (A), na estrada. Em cidade, 10,3 km/l (G) e 8,8 km/l (A), em média. Com o carro carregado (cerca de 300 kg = 3 pessoas e bagagens), com média de 110 km/h, em estrada, faço 8,4 km/l (A). Pisar no acelerador e realizar arrancadas ou retomadas com o pé embaixo, com certeza fará o consumo subir. Não tem mágica. A minha pior média foi 7,7 km/l (A). Logo, esse motor não é exatamente “pinguço”. Se pisar, ele bebe sim. Mas esse é um trade-off entre desempenho e consumo. É claro que não se pode esperar que um carro deste faça 17 km/l (G) na estrada como um Uno (tenho um amigo que já conseguiu 21 km/l).

O conforto, a agilidade e a segurança proporcionados pelo 1.8 são bem diferentes. Eu faço ultrapassagens seguras, mesmo com o carro carregado e com o ar ligado o tempo todo. Apesar de eu não ter ABS e airbags, bater com o meu caro e bater com um Uno também tem diferenças. Aí vem o aspecto de ter um carro maior (que demanda um motor maior), com mais massa, pneus largos e estrutura reforçada (o Locker tem uma estrutura de reforço no teto, além das portas, para diminuir a torção da carroceria). Ainda no quesito agilidade, outro argumento que tenho é comparar com o Golf 2.0. O modelo atual, flex, tem 116 cv (G) e 17,7 kgfm (G) a 2.250 rpm. O Locker tem 114 cv (G) e 17,8 kgfm a 2.800 rpm. Números próximos, com vantagem para o Golf, que tem o torque mais cedo, o que lhe confere mais arrancada e menos trocas de marcha para manter o carro na mesma velocidade. Mas a melhor medida é a relação peso/potência. Enquanto o Golf, com os seus 1.261 kg, tem uma relação de 10,9 kg/cv, a Locker tem 10,5 kg/cv. Traduzindo do “fisiquês”, isso significa que a Locker tem menos peso para puxar para cada cavalo de potência do motor. Óbvio que estamos comparando dois carros com propostas diferentes. Um é esportivo e o outro um “SUV light” (seja lá o que isso signifique!). O Golf é muito mais acertado que a Locker em termos de estabilidade, sem falar na relação entre motor e transmissão. O centro de gravidade alto (19 cm do solo), os perfis altos do pneu (aro 15 com altura lateral de 144 mm), as relações mais longas de marcha (comparadas ao Golf) e a suspensão traseira independente da Locker não colaboram para uma pegada mais agressiva na direção. A distância entre-eixos é maior no Golf, o que dá mais espaço para as pernas dos ocupantes do banco traseiro. A Locker, apesar de centímetros maior que o Palio no entre-eixos, é ainda um Palio, ou seja, apertado.

Como estamos falando de motor, nesse aspecto, o Powetrain reúne as características de robustez (menos peças e siglas – VVTi, DOHC, VHC – implicam em menos quebras – confiabilidade), concepção “antiga” (sim, é um motor de mais de 20 anos) mas funcional (o que confere baixo custo e facilidade de manutenção) e muita força para deixar o carro seguro em ultrapassagens e subir ladeiras com facilidade, mesmo que carregado.

Então, meus caros leitores, pelo amor de Deus!!! Parem de falar que o motor 1.8 da Locker é ruim!!! Não é a mais fina flor do Lácio, mas faz aquilo que lhe é pedido, tão bem quanto a média de motores disponíveis no mercado. Podia ser melhor? Claro que sim. Como dizem, em time que está ganhando não se mexe. Talvez seja essa lógica conservadora que está por trás do uso de um motor “antigo” como o Powertrain.

P.S.: Antes que alguém me pergunte: não sou engenheiro da GM e nem fui pago pela FIAT. Apenas espero que a minha experiência pessoal com o carro e as informações que coletei ajudem as pessoas a fazerem uma compra consciente.

About these ads

27 comentários sobre “Adventure Locker bebe?

  1. ´boa tarde,,,e antes de mais nada parabens,,,vc foi bem eficaz nas palavras….mais te pergunto eu!!! como q consigo essas medidas na minha loker???pq sinçeramente a´té hj num consegui essas medias e nem cheguei perto,,,fuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

    • Oi, Eduardo. Obrigado pela sua participação e visita ao meu blog! Cara, como conseguir na SUA Locker eu não sei. E digo SUA por um motivo bem simples. Apesar do meu (ex)carro e o seu terem vindo da mesma fábrica, não necessariamente vão ter o mesmo desempenho. Isso é um erro super-comum nas revistas ditas “especializadas”. Elas pegam UM carro, fazem teste de durabilidade, de uso cotidiano etc. Mas é UM carro. Estatisticamente falando, não é significativo mesmo. Assim, é normal que o que eu consiga não necessariamente outros donos de Locker vão conseguir. Mas para não ficar na discussão “de engenheiro”, tenho sim algumas dicas. 1) Pressão de pneus faz MUITA diferença. Uma vez rodei um trecho de mais de 350 km com 5 libras à menos em dois pneus. O meu consumo caiu 2 km/l. Ou seja, estava fazendo perto de 10 km/l na estrada ao invés dos costumeiros 12 km/l. Um problema sério nos postos brasileiros é que as bombas de ar tem problemas de aferimento. Eu tenhho um manômetro para ter certeza de que estou enchendo com a calibragem desejada. 2) Andar engrenado SEMPRE. Motor de injeção é econômico engrenado. 3) Arrancada rápida em farol de cidade é a forma mais rápida não só de ir a algum lugar como de diminuir o consumo. Segundos que sejam com o giro a 4 mil é certeza de consumo elevado. Pé-de-anjo sempre. 4) Freio. Faça de conta que o freio dá choque. Quanto menos encostar nele, melhor. Lembre-se que frear é dissipar energia, energia essa gerada pelo seu motor. Ou seja, é jogar gasolina fora. 5) Nem preciso falar que filtros, bicos, óleo e alinhamento devem estar em dia. Já troquei o filtro de ar do carro e simplesmente melhorou 1,4 km/l nas medidas de consumo. 6) Ache um posto que você percebe que o consumo melhora. Por incrível que pareça, eu abasteço em um posto Texaco (e é o mesmo posto perto de casa, pois outros Texacos se mostraram iguais às de gasolina “mais ou menos”) onde o meu consumo melhora entre 0,5 e 1 km/l. Não sei se é o aditivo, o fornecedor… Sei que o meu carro vibra menos, a aceleração é limpa (macia) e o som é menos áspero (sei, muito subjetivo, mas é preciso “aprender” a sentir o carro, não tem jeito). E, finalmente, 7) Acessórios: se aumentar a tala do pneu, colocar um bagageiro externo e carregar peso morto (cadeira de criança – 15 kg, macaco elétrico – 6 kg, caixa térmica – 4 kg, subwoofer – 10 kg, reboque – 15 kg, estribo lateral – 35 kg etc.), vai aumentar MUITO o consumo. E, claro, pode ter algum problema no seu carro. Se o consumo está exagerado, dá uma passada na oficina e pede para usarem o “computador” para ler a centralina. Numa leitura dessa, peguei no meu antigo Golf um defeito no sensor de fluxo de ar. Descobri que o meu carro andava sempre em “modo de segurança” no programa de injeção, ou seja, não lia nada da sonda lambda ou dos outros sensores. Injetava a mistura conforme o comando do acelerador. O consumo tinha caído 1,5 km/l em média. Espero que tenha ajudado. Abraços e boa-sorte.

  2. Estou bastante satisfeito com minha Palio Adventure Locker, (apesar do que dizem por ai que bebe muito), estou fazendo 10,7km/l na cidade c/ gasolina andando normalmente, sem andar muito devagar nem pisando fundo. Um carro que tem muita força, segurança nas ultrapassagem, silencioso e gostoso de andar.

    • Oi, Fernando. Obrigado pelo seu comentário. Sim, também acho que esse preconceito em relação ao antigo motor 1.8 (não este e-tork) era um pouco exagerado. Na verdade, as pessoas que conversei que tinha um carro com esse motor (inclusive os usuários de Monza) me diziam com frequência que consumia muito. Mas é pé mesmo. Motor que desenvolve bem como esse GM 1.8 (torque em baixa) bebe se pisar. E não precisa puxar muito. Passou de 2.000 giros já é suficiente para ele beber mais do que deve. Dê uma olhada no seu tacômetro. Se você consegue deixar o carro abaixo de 2.000 giros, o carro tem baixo consumo. Passou de 2.400, já dá para sentir a diferença. Agora, eu não achei o motor muito silencioso a 120 km/h. Até 80 km/h, beleza. 100 já é meio chato. Mas 120 km/h fica desagradável. Se eles tivessem colocado uma sexta marcha, acho que teria ficado bem melhor. O motor tem torque para manter essa velocidade com uns 300 a 400 giros a menos. Pelo menos é a impressão que tenho. O que me fez desistir do meu Palio foi a qualidade do pós-venda. Depois que me acertaram na traseira, tive dificuldades para reparar. Peça faltando em estoque, vê se pode. Dez dias para chegar um refletor do parachoque traseiro. Para um carro que é um Palio, é um absurdo eu ter que ficar sem o meu carro por mais de 10 dias por causa de um refletor. Fora outras canibalizações: tiraram o descansa-mão do lado do passageiro para colocar em outro carro e liberar mais rápido. Lamentável. No final, foram 21 dias sem o meu carro.

  3. Boa noite Daniel!

    Primeiramente, parabéns pelas colocações. Concordo plenamente com você. Tenho uma pálio adventure 1.8. 8v. flex fire, ano 2006. Comprei há 08 meses atrás. Para mim, o carro é excelente em todos os quesitos. Em breve vou trocá-la por uma 2010.
    Quando comprei, ela dava +- 14,5km p/litro na rodovia(na gasolina), sem o ar condicionado ligado, com média de peso equivalente a 300quilos. Mas estou notando que atualmente não está chegando nem a 12. Fiz uma viagem longa com ela e abasteci em um posto no estado do RJ. Acho que a gasolina não era boa, porque depois de andar uns 200km notei muita diferença no desempenho do carro, diminua em muito de repente a aceleração e ficava como que engasgando. Deixei esgotar tudo e coloquei nova gasolina, mas ela não está legal, não está desacelerando/engasgando, mas o consumo está alto. Somente troquei o filtro de ar. Está com 70milkm rodados. Na verdade eu mesmo só rodem uns 6milkm até agora. Não cheguei a levar em nenhum lugar por enquanto, ia levar para limpeza de bicos, mas dizem que isso é jogar grana fora. O que você acha?

    Obrigado!

    • Dirceu,

      Obrigado pela sua visita! Fico feliz que tenha gostado do post. Pois é, me falaram que o modelo com e-Torq (2010/11) está melhor mesmo. Motor mais econômico e potente. Tenho um amigo que comprou com o câmbio dualogic e está gostando. Eu andei no primeiro modelo com dualogic, já atualizado. Digo atualizado, pois o dualogic do falecido Stilo era péssimo. Esse do Adventure se mostrou mais ágil nas trocas. Enfim… Vamos à sua dúvida. Acho que você leu a resposta a um comentário anterior sobre pressão de pneu, filtros, alinhamento etc. Se tudo isso está OK, tenho algumas hipóteses. Primeira hipótese: o sistema de injeção é inteligente e ele “aprende” a sua tocada. Assim, se o combustível estava ruim e você ficou pisando fundo para tirar desempenho, ele memoriza essa tocada, independente da qualidade do combustível. Para resolver isso, só andando macio, sem pisar fundo, por um bom tempo, para que o carro volte a “aprender” que você anda macio. Segunda hipótese: filtro de combustível entupido ou sujo. Eu trocaria o filtro, pois não é muito caro. O filtro de ar só se troca se estiver contaminado (escurecido) e se você andou por estrada de terra. Como você andou na estrada, não creio que filtro tenha se contaminado tanto que fosse responsável por um consumo elevado repentino. Terceira hipótese: problema na centralina ou algum sensor. Se as duas hipóteses anteriores não resolverem, o negócio é levar numa concessionária para passar o computador na centralina do carro e ver se você detecta algum erro de injeção, problema de leitura de sensor ou coisa parecida. Espero que essas dicas ajudem… Ah, e com a quilometragem que está, dê uma verificada na correia poly-V (correia do motor). Só para ver se não tem trincas ou desgaste estranho / excessivo. Já está na hora. E como não dá para saber se o antigo dono fez a troca, é bom se prevenir. Boa sorte!

      P.S.: sobre a limpeza de bicos, se você usa gasolina aditivada, de fato não precisa. Mas já que você colocou uma gasolina adulterada, com a queima incompleta, pode ter ocorrido a carbonização das velas. Eu sugiro dar uma olhada no estado delas. Se elas estiverem cobertas com fuligem escura, ou com os contatos da faísca muito “comidos”, é um indício de que já está na hora de trocar. Dê uma olhada neste link para ver como as velas ficam quando já danificadas.

      • Muito obrigado Daniel por responder meu e-mail. Com certeza vou fazer o que falou. Você me confirmou uma coisa que já era para ter feitohá muito tempo: troca do filtro de gasolina. Vou trocá-lo, está muito escuro e também vou dar uma olhada nas velas. Quando comprei o carro fiz uma revisão geral na suspensão, freios, e também foi verificada a correia dentada, mas o mecânico disse que estava boa.

        Valeu mesmo pelas dicas. Muitas vezes nos poupa um bom dinheiro e uma às vezes “dor de cabeça’.

        Obrigado!

      • Daniel, boa noite!

        Realmente as velas estavam muito ruins. Efetuei a troca das mesmas. Vou trocar o filtro de gasolina. No meu carro anterior, este filtro ficava na frente junto do motor. Custei para descobrir que no pálio adventure fica embaixo do carro, e a princípio pensei que o filtro era um bem pequeno que fica na frente do carro, perto do reservatório de óleo de direção hidráulica. Você sabe que filtro é este, para que serve e se tem que ser trocado alguma vez? É um filtro menor do que um filtro de combustível de moto. O meu está muito, mas muito sujo.
        Muito obrigado pela atençao.

  4. Ola, Daniel parabens pelos os comentario ! Estou querendo comprar uma ( palio weekend dventure locker ou a nova spacefox ambas 2010 x 2011 ) gostaria de saber de vc qual e a melhor opcao em termo de custo x beneficio e economia? Desde ja agradeco. Abracos!!!!

    • Olá, Ailton. Obrigado plea sua visita ao meu blog. É difícil eu te dizer qual o melhor, pois o eu nunca tive uma Spacefox. Mas veja aqui algumas ponderações:

      1) Não compre carro de ano/modelo de anos diferentes. Só vai gastar dinheiro a mais e não ter nenhum tipo de benefício. Tenho um post aqui no meu blog que explico o problema.

      2) Prós do Fiat: preço “bom” pelo conjunto de acessórios, suspensão elevada, motor atualizado, opção de Locker, opção de dualogic, airbag duplo e ABS de série, robustez da suspensão, espaço de porta-malas.

      3) Contra do Fiat: baixa qualidade do acabamento, muito plástico externo (risca fácil e fica opaco), pós-venda ruim, carro instável em manobras bruscas, espaço apertado para os passageiros de trás, muitas partes de outros carros da linha Palio mais barata, visual antigo que mudará em breve (já saiu o novo Palio hatch).

      4) Prós do VW: bom espaço interno para os ocupantes, motor 1.6 de torque em baixas, bom porta-malas, assento traseiro deslizante, opcionais interessantes (câmbio borboleta), melhor acabamento, bom número de porta-trecos, sensor de ré original, volante multifuncional, melhor câmbio automatizado, melhor câmbio mecânico;

      5) Contra do VW: maior preço, maior altura do solo, design menos off-road, sem bloqueio de diferencial, menos potente.

      Tudo é uma questão de gosto. Se fosse hoje, eu particularmente escolheria o VW. Algo que me desagradou muito na Fiat foi o acabamento. Não dá indícios de que vá durar muito. Como carro “popular”, acabamento é o de menos. Mas um carro na faixa dos 50 mil, eu espero um pouco mais de qualidade. Porém, ainda tenho sim uma queda pelo visual Adventure.

  5. Boa noite Daniel!
    Retirei minha ecosport 2.0 XLT automática 0km a dois dias… Estou desesperada com o consumo… São tantas reclamaçōes dela.
    Li todos os seus comentários sobre carros automáticos, mas gostaria de saber especificamente da ecosport 2.0 XLT automática… como economizar????
    Estou andando bem devagar… Mas mesmo assim já bebeu muito…
    Não sei como acelerar nas saídas que precisam de agilidade no trânsito… Tipo saida de retorno… sem gastar muito…
    Preciso “amaciar” o carro agora para ele beber menos depois? Se sim, como faço isso?
    Ah, moro em BSB, aonde fica o posto que você disse que gosta de abastecer?! Melhor para o meu carro é gasolina comum ou aditivada?
    Por favor me ajude??!?! Mulher é um bicho perdido nesse assunto…
    Desculpa se estou fazendo pergunta repetida…
    Obrigada.

    • Prezada Si,

      Obrigado pela sua mensagem. Não sei se tenho muito a acrescentar sobre o assunto, uma vez que você já leu tudo que postei sobre o tema. Não sei exatamente o que você está chamando “beber muito”: 2 km/l? 5 km/l? 7 km/l? Álcool ou gasolina? É o seu primeiro carro novo?

      O meu primeiro tanque na Ecosport fez uma média de pouco mais de 7,7 km/l. Mas nas semanas seguintes, melhorou sensivelmente. Com dois dias, não sei como você está medindo o consumo. Se for pelo computador de bordo, não dá para confiar, pois é preciso zerá-lo antes, a cada vez que enche o tanque. De outra forma, ele vai computar o consumo que fez durante o transporte (estacionando no pátio da fábrica, subindo na cegonha, descendo da cegonha, estacionar na concessionária, entrar e sair do mostruário etc.). Nessa condição de início (saído de fábrica), ele chega a fazer de 2 a 5 km/l. Na próxima vez que encher o tanque completamente, zere o marcador de consumo médio, zere o hodômetro parcial e anote a quilometragem. Ao encher o tanque, faça o cálculo de quantos km percorreu e divida pela quantidade de litros que entrou. Aí você terá uma média de consumo confiável. Outro detalhe é que o computador de bordo não é “linear”. No primeiro quarto de tanque, você notará que ele varia muito de consumo médio registrado. Conforme vai esvaziando o tanque, essa variação é menor, tendendo para a média de consumo “efetiva” do carro.

      A minha Ecosport errava cerca de 1 km/l para cima. Assim, marcava 11,5 km/l (por exemplo), mas enchendo o tanque eu obtia 10,5 km/l.
      Sim, precisa amaciar o carro. Mas sem mistério. Basta andar normalmente com ele. As peças vão assentando no motor e o atrito diminui, o que melhora o consumo. Isso leva de 500 a 2000 km. Para a saída de retorno, não tem jeito. Tem que pisar. O importante é manter depois a velocidade o mais constante possível e pisar o menos possível no freio. Andar com ele embalado, preferencialmente abaixo dos 2.400 rpm. Mas se tiver uma subida forte pela frente, acelera antes e pega o embalo. Entrar na subida devagar é ruim. Vai fazer o carro reduzir, o que manterá o carro em giro alto de motor (rpm) e baixa velocidade. Mas lembre-se que carro automático é uma escolha pelo conforto. Logo, tem um preço e ele é um consumo um pouco maior que um carro com câmbio manual. Esse consumo maior varia de 1 a 2 km/l a menos. Além disso, é um motor de 145 cv e 2 litros. Não tem milagre. Ele vai sim beber mais que um motor 1.0, 1.4 ou 1.6. Note que estou falando de forma geral. Existem exceções. Tudo é uma questão da relação peso do carro e potência do motor. Digo isso porque uma Scenic 1.6 vai sim beber mais que um Gol 1.6. A Ecosport tem um motor de bom troque (força para puxar). Você notará que mesmo não pisando forte, ele arranca macio e rápido sempre. Porém, a Eco não tem velocidade final e pode acontecer de um Gol 1.6 ser mais rápido depois de embalado. Porém, duvido que qualquer outro carro carregado com cinco pessoas e com o ar ligado, de menor cilindrada, vai andar tão bem quanto a sua Eco. Infelizmente, ainda não inventaram um jeito de dosar torque. Seu carro sempre vai ter torque elevado e isso vem da energia do combustível. De novo, não tem milagre. Vazio ou carregado, você sempre terá o mesmo torque disponível. É o preço da segurança de uma ultrapassagem, do conforto de uma viagem com tocada tranquila.

      Assim, espere até seu carro atingir pelo menos 500 km para ter uma avaliação melhor. Depois veja a 2000 km. Se ainda assim beber (5 km/l é beber para mim), então leve para o mecânico e procure por algum problema. Se ainda assim você acha que está “bebendo”, pense no conforto e segurança que ele lhe proporciona. De outra forma, não resta solução senão se desfazer do carro.

      Daniel

  6. ola ! nossa para te falar a verdade voce foi o primeiro que eu vejo falar bem da locker eu tenho uma que acabei de comprar uma 1.8 e tambem nao sou muito fan da fiat mas a locker me convenceu, é um otimo carro e conforto e consumo! a nunha esta fazendo na media de 10.5 km}L entre cidade e rodovia ! quando comprei minha locker pesquisei na net todos falando mal dela que o maximo que havia dado nela era 7 ou 8 na rodovia eu fiquei com medo!!! mas eu sou mecanico e falo uma coisa para aqueles que tem uma locker e esta bebendo um pouco acima daquilo que eu disse ai em cima andando na faixa de 110km e nao estiver fazendo 10 mais ou menos leva o carro em seu mecanico de confiança e manda conferir o ponto do motor, filtro de conbustivel, limpezA de bicos de injeçao,espero ter ajudado um pouco vcs abrçs e ate logo

    • BOA TARDE ,TENHO UMA PALIO WEEK LOCKER 2010 E JÁ FIZ DE TUDO ,TROQUEI TODOS OS FILTROS , CORREIAS ,MÓDULO VISTO POR 3 SCANER E NADA,ELA GASTA 6.5 /L GASOLINA URBANO E NA ESTRADA 8 KM/L,MOTOR 1.8 8V ,EU TINHA UMA ADVENTURE 2007 E FAZIA DE 9 A 10 URBANO E 14.5 NA ESTRADA,FUI INFORMADO QUE A PARTIR DE 2009 O MOTOR GM TEM INJEÇÀO DA DELPHI POR ISSO GASTA MUITO ,ANTES ERA DA MAGNETMARELLI E POR ISSO MAIS ECONOMICA,ESTOU TOTALMENTE FRUSTRADO C ESSA LOCKER,ISSO TEM LÓGICA?

      • Olá, Ademir. Eu não sei dizer como é o consumo desse modelo 2010, já que é um motor novo da Fiat e não mais o antigo PowerTrain. Mas para consumo de gasolina, 8 km/l na estrada está alto mesmo. Eu fazia essa média de estrada no álcool. Se puder, passe o carro para frente. Não tem muito o que fazer, já que você disse que verificou em mecânico e tudo aparentemente está OK.

      • NÃO É MOTOR NOVO,POIS O MOTOR NOVO FIAT É O 1.8 16 V,O MEU É ANTIGO PORÉM A PARTIR DE 2009 PASSOU A USAR INJEÇÃO DELPHI ,POR ISSO O ALTO CONSUMO,ANTES ERA MAGNETI MARELI,DESCOBRI DEPOIS DE MUITA PESQUISA,A FIAT PISOU NA BOLA NESSA MUDANÇA

  7. PALIO ADVENTURE… COMPREI UMA EM 11/12, MODELO 2013 NOS PRIMEIROS 1000 KM PARECIA UMA ESCOLA DE SAMBA, DE TANTO BARULHO INTERNO JÁ FOI 4 (QUATRO VEZ PARA CONCESSÓRIA E NADA SE RESOLVEU … FICA MEU PROTESTO AOS BARULHOS INTERNOS DA PALIO ADVENTURE LOCKER 2013 , HA E PARABÉNS A FIAT QUE CONSEGUI COLOCAR DENTRO DA NOVA PALIO LOCKER UMA BATERIA DE ESCOLA DE SAMBA … BOM NADA MAIS JUNTO ESTAMOS NO CARNAVAL.

  8. A minha Adventure Locker faz media 7.5 Km/l (G) na cidade. E olha que eu tenho o pé bem leve. Mas acho que esse consumo um pouco elevado se deve, propriamente, à cidade onde moro. Moro em Bento Gonçalves e aqui as subidas e descidas são inúmeras e muito íngremes o que obriga o motorista a acelerar bastante quase que o tempo todo.

    • NÃO É O FATOR PRINCIPAL ,É DEVIDO A INJEÇÃO QUE ERA MAGNET MARELI E A PARTIR DE 2009 PASSOU A SER DA DELPHI ,MESMO MOTOR C CONSUMO DIFERENTE , A FIAT PISOU FEIO,TIVE UMA ADVENTURE 2009 1.8 E FAZIA DE 9 A 10 NA CIDADE ,GAS.,AGORA É 6.5 A 7 A GAS,DETALHE ,TUDO NOVO ,FILTROS ,VELAS…

  9. ola a todos,
    tenho uma locker 2009/2010e ela ta bebendo mais que eu,e olha que não ceito concorrencia nesse ramo rsrsr..brincadeira.
    Ela ta fazendo na cidade com alcool 5.5 e com gasolina na faixa de 6 a 6.5.
    O maximo que fiz com alcool na estrada foi 9.4.Foi somente uma vez e nunca mais consegui de novo.
    Sera que pode ser os bicos ou a lambda?…comprei ele ja usado com 30.000 rodado.

    Abraço.

  10. DANIEL MORO EM UMA AREA RURAL COM 6 KM DE ESTRADA DE TERRA SOLTA AQUI AS STRADAS IMPERAM MAS NECESSITO DE UM CARRO MAIOR PARA A FAMILIA EU PENSEI NA PALIO ADVENTURE LOKER 2009/2010 O QUE VC ME RECOMENDA POIS PERCEBI SER UM ESTUDIOSO NA ARE DE CARROS OBRIGADO FERNANDO

    • Olá, Fernando. Obrigado pelas palavras elogiosas. Sou apenas alguém que gosta de carros e lê um pouco sobre o assunto. Apesar da Palio ter um ótimo porta-malas, ele é apertado no banco traseiro. As opções dependem do que você procura além de espaço. Segurança ativa, disponibilidade de peças, preço de seguro, preço de aquisição, consumo, manutenção, estilo atualizado… A Palio Weekend aguenta uma estrada de chão leve, mas não é um off-road. O bloqueio de diferencial ajuda, mas não resolve em um atoleiro ou facões. Para crianças pequenas, o banco traseiro é OK. As peças são de Palio, de maneira que se pode achar no paralelo mais barato. O seguro não é dos mais caros. Em termos de segurança, não é boa, pois não conta com airbags ou ABS de série (você precisa procurar um que tenha), a suspensão é elevada (o que a torna instável em velocidades um pouco mais elevadas e curvas) e não tem controles eletrônicos de estabilidade e tração. Como você pretende levar a família, penso que segurança é fundamental. Infelizmente, o mercado brasileiro prefere visual de maneira que a maioria dos carros disponíveis não tem vários dos itens de segurança que mencionei. E quando tem, são caros. Se você vai comprar um usado, eu acho que existem outras opções. Vale à pena pensar em carros com estes itens de segurança. Depois, pensar em 4×4. Finalmente, custo de manutenção. Eu diria que uma caminhonete cabine dupla seria o ideal. Porém, apenas modelos nacionais mais caros e recentes têm os itens de segurança mencionados. Para usados, tem os importados. E algo que acontece é que carros “de luxo” costumam desvalorizar muito depois de dois ou três anos. É possível encontrar modelos com preços “acessíveis” como o Land Rover Freelander 2, Mitsubishi Pajero Full, Mitsubishi Outlander e Subaru Forester. Sim, tem peças caras, seguro caro, consumo alto (o Subaru é mais econômico)… Como você pretende usar no meio rural, pode-se abrir mão do seguro por um rastreador com bloqueio de partida. Quanto às peças, sim são mais caras, mas como a chance de bater em outro carro é pequena (comparado com a cidade), as peças que precisarão de reposição são os filtros, freios e amortecedores. Assim, o preço será um pouco maior de manutenção, mas nada assim proibitivo. E quanto ao consumo, existem versões diesel, mas como em roça não se anda muito rápido, a diferença de consumo entre um motor gasolina seis cilindros e um quatro flex não é assim gritante. Talvez dois ou três km por litro. Assim, Fernando, dá uma pesquisada. Acho que vale à pena pensar em um carro mais seguro e adaptado a estradas rurais. Sei que o bolso pode falar mais alto, mas a vida de nossas famílias não tem preço.

  11. Galera li aqui o blog do nosso amigo, e admito nao ter lido todas perguntas, sou proprietario de uma palio weekend adventure locker 1.8 8v GM 2009/2010, moro na zona rual 3km da cidade minha pousada fica a 4km da minha pousada, praticamente vou a cidade 3 vezes ao dia, por que almoco em casa, consumo dela e o ideal, melhor que muito golcorsa e fiesta por ai. Na estrada com ar ligado consigo a 110 120 10km/l na boa na estrada de terra, ando mais ou menos 8 a9 com ar ligado, com ar desligado na estrada faco de 12 a 14 dependendo do pe, e no alcoll nunca medi. Portanto meus amigos sou amante dos GM, sei que o motor e muito desatualizado e tal, mas em se falar de carro, garanto a voces que a palio pode nao oferecer um espaco interno muito bom, mas nao me arrependo, melhor carro que ja tive em custo beneficio, consumo, robustez seguranca, ect. ja tive um escort gl 95, um uno 99, um omega 94 4.1, um monza 89, e um fiat brava 1.6 16v 2003, lembrando que ano passado tive um fiesta 2012, excelente carro por nao possuir correia dentada. Ja ouvi relatos que a palio bebe, mas com certeza teve azar na aquisicao, ou deve ter algum problema, sempre verifique os freios, pneus, inclsive a calibragem, e tente abastecer num posto somente, para evitar combstiveis adulterado. grande abraco a todos e boa sorte aos novos proprietarios

  12. Olá Daniel, parabéns pelo seu blog, troquei recentemente um Peugeot sw por uma Palio Adventure locker Dualogic 2010 e estou muito satisfeito, apesar de alguns amigos dizerem que ela e gastona eu não acho pois ela esta fazendo uma média de 12,7 km/l. o que eu acho um consumo normal para o tipo do carro. Vi que o uma pessoa acima disse que a dele parece uma escola de samba rss iss é verdade a minha tambem mas resolvi o barulho encapando o pino que trava o encosto do banco traseiro e agora só escuto o som de rodagem . valeu pelas dicas abçs

    Doni

  13. Boa tarde Daniel, concordo com sua opniao, dirigi muitos carros, principalmente GM, mas estou satisfeito com a locker 2009, que temos. Esta com 120.000 km, e meu gasto é só com as revisoes que qualquer carro tem que fazer, provalvelmente quando trocar ira ser pela nova que apesar das poucas mudancas esta linda.
    Abraços.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s