Existindo

Hoje, eu abri uma conta de banco na Europa. Agora, posso fazer parte do seleto grupo de brasileiros que tem conta no exterior. Chique! Abri a conta, mas não aceitaram meus travelers para depósito. Aqui só tem UM banco que faz a troca por dinheiro e ele não existe nesta cidade. Tentei de tudo, mas nada. Fui obrigado a fazer um depósito na marra em cash. Isso porque eu só posso pagar alguma coisa na universidade com cartão de débito e o tal do PIN, que é diferente. Tudo bem, eu entendo. É para evitar da grana se desviar. Mas então podiam colocar um banco dentro da universidade para facilitar a vida do povo.

Também passei a existir no mundo da universidade. Com o seguro de saúde pago, eu pude fazer a matrícula. Ganhei um e-mail e passei de bosta para rola-bosta. Veja só que legal! No dia 03 de março já vai começar o curso de seis semanas… e já estou convidado para participar do famoso “café com bobagens” do departamento. Toda quarta e quinta o povo se reúne para depois do almoço para um “colóquio”. E a coisa é séria… mas com todo mundo comendo e tal! Barulhinho de sopa, arroto discreto, som de talher caindo…

Finalmente, o mico do dia: como eu não sabia que o meu e-mail da universidade estava ativo, não li as mensagens que estavam lá. E adivinhem só que dia era hoje: aniversário da minha co-orientadora, a pessoa que mais me ajudou até agora por aqui. Caracas… Cenas fortíssimas neste capítulo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s