Kinderdijk, Kinderdijk, één, twee, drie, vier, vier…

MoinhosOntem não deu para escrever, pois fiz uma viagem relâmpago para Roterdã. Aproveitei que fui visitar um amigo e já passei na GWK para trocar os travelers e ainda de quebra depositar a grana na minha conta. Afinal, não rolava ficar carregado andando pela cidade.

Bem, nessa ida, o meu amigo e sua namorada me levaram para um local chamado Kinderdijk, uma área com 19 moinhos de vento construídos em 1740. Eles drenavam o excesso de água das várzeas de Alblasserwaard para o rio Lek. Em 1997, Kinderdijk foi considerado um patrimônio histórico mundial pela UNESCO. Coloquei as fotos no Panoramio e estou esperando que sejam publicadas no Google Earth. Dia 3 de março, os moinhos abrem para visitação dentro deles. Eles fecham durante o inverno.

A cidade de Roterdã está uma bagunça só! Tem construção para tudo que é lado. Andei pelo centro, comi uma torta de maçã no Dudok e, de quebra, ainda passeei com o Tram, uma espécie de bonde urbano, e de waterbus, um barco muito legal de transporte público pelo rio! É muito doido!

Mas das experiências mais interessantes foi aprender a contar em Dutch! Één, twee, drie, vier!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s