Mudança de residência

PaisagemUma notícia muito boa: consegui, por seis meses, um novo apartamento. É no mesmo prédio que estou, mas com a vantagem de que terei sanitário e chuveiro privativo. Pois é. Parece bobeira, mas hoje eu posso dizer que faz falta. Esse downsizing de alguns “luxos” que a gente nem se dá conta pega pesado. É como faltar água ou energia elétrica em casa. A gente só se dá conta da dependência na falta. Mas não quero reclamar disso não. Tudo tem o seu lado positivo, óbvio. Como andar de bicicleta, mesmo tomando chuva e vento e frio. A economia em gasolina, seguro, depreciação  e imposto é assombrosa. Sem falar dessas outras questões mais ecológicas como gases de efeito estufa, óleo automotivo e matéria-prima. Mas não posso deixar de pensar que, puxa (!), eu tinha o meu próprio espaço, o meu carro, os meus filmes e livros, confortos e mimos frutos do meu trabalho. Agora, estou eu aqui, reconstruindo aquelas coisas mínimas. Um prato para colocar a comida, um garfo para pescar o picles, uma colher para tomar sopa, cabides para pendurar a roupa, uma cafeteira para água quente e por aí vai. Não é fácil… Mas, como disse Fernando Pessoa em “Mar Português”:

Valeu a pena? Tudo vale a pena
Se a alma não é pequena.
Quem quer passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s