“Like a blue, blue day…”

blue dayOutro dia de céu azul, temperaturas altas, um vento bom e… Bermudas!!! Plural mesmo! Todos os colegas de sala (menos o “novo” brasileiro!) estávamos de bermudas. O meu chefe estava de bermuda!! Assim, nada melhor do que fit in! Mimetizei total. Andando de bicicleta até o departamento, fiquei curtindo a paisagem fantástica que se fez com a primavera. Como a paisagem mudou. Fiquei pensando na quantidade de nutrientes que as plantas estão tirando do solo, a quantidade de energia sendo fixada pela clorofila nova, as organelas a todo vapor produzindo metabólitos e catabólitos freneticamente, elétrons caminhando e ATPs se formando e toda sorte de reação bioquímica acontecendo ao mesmo tempo! Vibrante! Sente-se essa loucura no ar! Tudo vivo! Como pode ser assim tão perfeito? Apesar das transformações que o homem imprimiu sobre a Natureza, controlando-a, moldando-a, domando-a, eis que ela sempre se impõe com essa beleza “natural” e fascinante. Como no Brasil não existe um inverno rigoroso, de certa forma as plantas estão no pique o tempo todo. Assim, não parece mesmo novidade para a gente, tão habituados com o verde constante. Mas aqui, as plantas param, hibernam, se enterram. A mudança é mais notável. Olha só! Notável de “notar” e notável de “incrível”! Aliás, hoje fiz grandes descobertas: Johnson = son of John! Janssen = filho de Jan!!! Koos = short para Jacob!! Bart = short para Bartholomeus!! Também vale Bert. Nada como um café cultural no departamento! Não, não fumei nada!!!! Juro!!! É pura alegria de primavera!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s