Sábado de folga

PlacasAcordei tarde pacas. Resolvi dormir caprichado. Sonhei até. Acho que foi efeito do filme de ontem, “Resident Evil 2”. Era um tal de cachorro ressuscitado que não acabava mais. Foi sonho mesmo. Não pesadelo. Como sempre, não lembro a história, mas estava divertido. Acho que eu passeava por algum canto aqui da Europa, para variar! Café tomado, cara lavada, saí decidido a resolver umas coisas pendentes há algumas semanas: comprar uma lixeira com tampa, um mop para limpar o chão, o ciclocomputador para colocar na bike, as velas para colocar no meu “lampião”, vitamina C para prevenir futuros desastres ecológicos na minha saúde, uma bandejinha de harring para o almoço, bananas para o potássio e trocar o banco da Marilyn. Ainda limpei o benedito do quarto. Desta vez, achei um produto supimpa que eu usava nos EUA, da Pledge. É um spray para tirar o pó das coisas. Você joga na superfície e passa um pano. É impressionante como ele “seqüestra” o pó da superfície e do ar. Não deixa ele ficar flutuando no ar. Achei por um preço bom no supermercado. Tentei achar algo para passar no chão, mas resolvi experimentar um monte de tipos diferentes de “lenços umidecidos” para colocar no mop. Não foi exatamente o que esperava. Bem ruizinho de limpar. Mas gostei de uma espécie de perfex que é eletrostático. Você coloca no mop e ele sai “atraindo” as partículas de sujeira no chão. Esse funciona, mas é uma limpeza “seca”. Também achei uma segunda marca de lenço umedecido que é mais barato e funcionou “OK”. Não é uma Brastemp, contudo. Apartamento limpo, parti para as bikes. Troquei os bancos, instalei o ciclocomputador e pronto. Deixei o resto da tarde para acompanhar as partidas de Rolland Garros. Especial menção à Ameli Moresmo. Adorei o backhand dessa moça. Braços bem abertos, envergadura ótima, com uma mão, bem estilão Federer! Pancada precisa e com muito spin! A Venus Williams dançou. Uma pena. Mas ela estava meio cansada, não sei. Até parecia meio de saco cheio de jogar. Federer só pegou mosca morta. Nadal também. Maior mamata isso. Triste foi ver a despedida do Guga, assim na primeira rodada. Mais parecia uma festa que um jogo, tantas as brincadeiras e a descontração. O coitado do oponente francês até saiu meio sem graça, meio que emocionado por saber que tinha sido o carrasco do último jogo do Guga em Rolland Garros. No mais, fiquei de papo para o ar aproveitando a chuva. Muito raio hoje. Até desliguei as coisas e esperei o temporal passar. Foi legal. Deixei as velas acesas, tomei um pouco de vinho e deixei o som do iPod rolar num pouporri de músicas: Red Hot Chili Peppers, Iron Maiden, Amy Winehouse… Tempo bom, fica o da foto, do Burgers’ Zoo no dia da pedalada!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s