O tempo voa, amor…

Um cogumelo de contos de fada
Um cogumelo de contos de fada

Esse título tão musical é fruto da inspiração do dia. Um dia muito bonito. Não muito frio, um outono de filme de cinema. As cores brilhantes com o sol, seja o amarelo dos carvalhos, ou o laranja e vermelho dos plátanos. Realmente uma sinfonia de cores! Passei na casa de uma amiga para tirar fotos de cogumelos. Ela me contou quão bonito estavam e lá fui eu, armado com a minha câmera. Estavam realmente “apetitosos”. Como pequenos doces de confeitaria, ornando um bolo de creme! Pena que os cogumelos eram venenosos!  Depois, fui para o departamento, mas não rendeu muito. Li e-mails, conversei com um outro colega de trabalho e fui para o supermercado. Resolvi testar uma receita de pastel. Comprei os ingredientes e combinei com uma outra família de amigos para apreciarmos a iguaria. Até que rendeu bastante. Mas a falta daquela máquina para fazer a massa ficar fininha foi grande. Os pastéis ficaram relativamente “pesados”! Nada a ver com os de feira que a gente compra. Pelo menos não ficou empapado de óleo, nem salgado e deu um bom rendimento. Quase 30 pastéis com menos de 1 kg de farinha. Para uma primeira tentativa, nada mau. Experimentamos também um jogo novo chamado Tayu. Trata-se de um jogo de tabuleiro onde você monta “canais” de água. Nada mais apropriado para os Países Baixos! Sobre o trabalho? Ainda aguardando uma “reação” dos meus superiores.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s