Solstício de inverno

Jogando pingue-pongue, veio o assunto de dia mais curto do ano. Pois é, dia 21 de dezembro teremos o dia mais curto por aqui. Fiquei prestando atenção no entardecer de hoje. Lá pelas 17h completamente escuro. Está amanhecendo às 8h da manhã. Parece madrugada de 5h aí do Brasil. Muito estranho. Não dá vontade de fazer nada!!! Acordo de manhã, olho a escuridão e vem o desejo imediato de voltar para cama! Por outro lado, chegando o final da tarde, volto para casa no breu. O farol da minha bicicleta é propício. Apesar de não ser o xenon dos carros Mercedes (e tem bicicleta com isso!), ele é um farol halógeno que ilumina muito bem obrigado. Agora eu entendo porque as pessoas fazem tanta questão de uma boa lâmpada. É por pura necessidade. Nem todas as ciclovias têm iluminação pública. Além disso, é preciso ficar bem visível para os carros. Felizmente, depois do dia 21, os dias voltam a ficar, aos poucos, mais compridos. Essa coisa de comprimento do dia tem um efeito estranho na gente. Eu sinto diferença na hora das refeições. Lá pelas 18h já sinto fome, imaginando que é hora da janta. Por outro lado, não é fácil comer algo às 8h da manhã. Parece cedo demais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s