Marshmallow no Zenfone Zoom (ZX551ML)

Eu estava com uma dificuldade enorme de atualizar o meu Zenfone para o Android 6.0 (Marshmallow). Apesar da mídia especializada informar que o novo firmware estava disponível para o Brasil, quando eu tentei atualizar via OTA (Over The Air) em “Atualizações do Sistema”, a mensagem que eu recebia era de que não tinha nenhuma atualização disponível. A última atualização que baixou foi referente a um patch de segurança de junho de 2016, versão WW_V2.26.40.108 (verifique o seu código em configurações > Sobre > Informações do Software).

Busquei em outros sítios de Internet internacionais se eu achava alguma informação de onde conseguir o arquivo para o Zenfone Zoom nacional. Eu até encontrei alguns arquivos, mas fiquei muito receoso de instalar por se tratarem de links em fóruns de discussão. Tem sempre o risco de ser um arquivo com alguma modificação maliciosa ou mesmo uma versão de firmware não compatível com o modelo nacional, o que poderia danificar definitivamente o meu telefone.

Acabei voltando ao portal da Asus brasileira e fui no link de suporte do produto (clique aqui). Lá existem arquivos “Globais” (vale para todas as versões de Zenfone Zoom) mais recentes. Eu acabei arriscando instalar um deles, o de versão WW_V4.21.40.141, de outubro de 2016. A instalação foi bem sucedida. Quando fui verificar a versão do firmware, eu notei que o meu Android estava atualizado para a versão 6.0.1!!!

Detalhe: sempre que atualizar manualmente, certifique-se de que as duas primeiras letras do firmware sejam “WW”. Elas são o identificação SKU do seu modelo (Stock Keeping Unit). WW significa “World Wide”, ou seja, uma atualização mundial, compatível inclusive com a brasileira. Caso o seu Zenfone tenha sido comprado no exterior, estas duas letras podem mudar. Pode ser, por exemplo, “CN” para China ou “JP” para Japão. Nesse caso, não use a versão “WW”, mas procure uma que coincida com as letras do seu modelo.

Depois que fiz a atualização, ele fez outra atualização via OTA. Por algum motivo, o Android antigo não estava mais atualizando automaticamente. Assim, para quem quiser fazer a atualização do seu Zenfone Zoom para o Marshmallow, sigam a dica abaixo.

ATENÇÃO: A INSTALAÇÃO DESTA ATUALIZAÇÃO É POR CONTA E RISCO DO USUÁRIO. NÃO ME RESPONSABILIZO POR QUALQUER DANO.

  1. Carregue o seu celular completamente. Se possível, mantenha-o plugado na tomada durante todo o tempo da atualização.
  2. Por segurança, faça um backup de todos os seus dados, contatos, lista de aplicativos etc.
  3. Vá para o portal da Asus, em Suporte > OS Android > firmware e baixe a versão WW_V4.21.40.141 (clique aqui) em seu aparelho. Pode ser outra versão mais atual? Não sei dizer. Apenas digo que com esta versão deu certo para mim. Prefira fazer o download no seu próprio celular para evitar ter que copiar o arquivo para um SD, ou transferir por wi-fi/bluetooth. O arquivo tem mais de 1 GB.
  4. Depois de baixar, mova o arquivo para o diretório raiz do celular. Utilize o próprio aplicativo “Gerenciador de Arquivos”. Nele, selecione “Memória Interna” (não o cartão SD). Vá para “raiz” e deixe lá o arquivo de firmware. Não precisa renomear e nem descompactar.
  5. Reinicie o seu celular. Ele automaticamente detectará o arquivo de firmware na raiz e fará a instalação.

Em tudo correndo bem, vá em “Atualizações do Sistema” e clique para buscar uma nova atualização. Ele baixará um pequeno patch de segurança e pronto. Aproveite o Marshmallow!

Produtos chineses (II): carregador wireless para Galaxy S5

Receptor Qi para Galaxy S5

Receptor Qi para Galaxy S5

Uma coisa que me deixava chateado em relação ao Samsung S5 era a ausência de carregamento sem fio (wireless Qi). Para mim isso se tornou uma necessidade por causa da tampa plástica de vedação sobre o conector micro-USB 3.0. Ela quebra muito fácil. A capa original da Samsung com o receptor Qi não é vendida no Brasil. Pelo menos não achei nas lojas e nem no website da Samsung. Acabei optando pelas dezenas de ofertas de produto genérico, esses aí das fotos. Comprei os dois porque um serve para a capa S-View (da esquerda) e a outra serve para as capas convencionais. Notem que os conectores são diferentes. Após alguns meses, chegou os produtos. Instalei o da direita primeiro. A primeira observação foi que a tampa não fechava completamente. Logo abaixo do recorte para o sensor de batimento cardíaco, a tampa ficava abaulada, o que inutilizava completamente a vedação interna IP67. Mesmo assim, deixei para carregar. Nos primeiro minutos observando, nada de errado. Passada meia hora, o meu celular estava tão quente que eu não podia nem encostar na tela. Imediatamente desliguei e desmontei o produto. O calor vinha da bateria. Não era da bobina receptora, do processador ou da base carregadora. Resolvi então experimentar o outro produto na minha capa S-View. O mesmo problema encontrado no produto anterior. O abaulamento e o aquecimento anormal da bateria. Procurei por informação na Internet sobre outros relatos. Estranhamente, eram muito esporádicos e não se relacionavam a nenhuma marca em específico. Mesmo para bobinas receptoras genéricas para outras marcas de celulares. Resolvi comprar outro carregador Qi, pois existem diferentes tipos, com até três bobinas internas. Segundo os fabricantes, o objetivo de mais bobinas é aumentar a área útil de carregamento caso o celular seja posicionado um pouco fora do sweet spot. Com o carregador novo, tive o mesmo problema de superaquecimento. Acabei importando uma capa Samsung com receptor Qi original. Nem preciso dizer que saiu os olhos da cara de caro, mesmo custando míseros US$ 18 lá fora. Foi mais que o dobro do preço, ainda que a Receita Federal informe que cobra “apenas” 60% de imposto. A capa original é mais espessa e existem cinco contatos metálicos e não três ou dois. A capa inclusive conta com outra bobina NFC. Só depois me toquei que no S5 a bobina NFC fica na bateria. A bobina Qi genérica fica montada sobre a bateria e, com certeza, interfere no desempenho do leitor NFC original. Mas a informação mais importante: a bobina Qi original não esquentou o meu celular além do normal. Ficou na mesma temperatura que o carregamento com o carregador com fio original. Além disso, com a capa original o S5 identificou que existia um modo de carregamento sem fio. Nos genéricos isto não aparecia. Dito isto, meus caros, nem percam o seu tempo tentando comprar o receptor Qi genérico. Pior do que não funcionar é danificar o seu celular em definitivo. Não vale o risco mesmo.